Brrrrrrrrr……

27/07/2009 at 6:24 pm (Pelotas)

Bahhhh, tchê, mas que frio de renguear cuzco!!!!!! Hahahahaha

Desculpem, a frase tem que ser assim porque no vocabulário mineirês (sobretudo se a mineira veio de Muriaé), não existe uma expressão que transmita todo o frio que está fazendo neste lugar. Sexta feira eu estava lavando a louça de manhã e a mão estava doendo como se eu estivesse usando água do congelador. Aí eu saí na rua com as roupas mais grossas que eu consegui colocar e continuava morrendo de frio…

“Nossa, mas não é possível, que frio!” E foi então que, às 8:30 da manhã eu indo para o serviço vi lá no termômetro: OºC!!!!!! Hááááá! A primeira vez a gente nunca esquece! (caipira pouco é bobagem…)

E pra quem acha que a geada foi passageira, segue aí a previsão para os próximos dias:

E esse cristalzim de gelo na previsão para a manhã??? Que coisinha mais meiga!

Pra aguentar esse frio, só com casacão de lã e comidinhas engordiet!!! Tipo: chocholate quente, feijão temperadão com pão quentinho, sopão levanta defunto e essas coisas. Depois não entra nas calças e não sabe porquê… hehehe

E pra senhora, mamãe, que não acredita na gravidade da situação, vai aí a foto da sua filhinha. Se não conseguir reconhecer, eu sou esses dois olhinhos entre o casaco e a touca. ^^

frio

Então é isso! Não consegui fotografar a geada na praça ainda porque sempre que tento sair na rua pra isso eu paro de sentir os pés, e aí desisto e volto pra casa. Isso com a palmilha de pele de ovelha dentro do sapato!

Até mais, pessoas! Beijinho de esquimó para todos!

Link permanente Deixe um comentário

This, mademoiselle, is Pelotas!

15/02/2009 at 11:19 pm (Fotografia, Pelotas)

Casa da Baronesa dos Três Cerros (Museu da Baronesa)

Casa da Baronesa dos Três Cerros (Museu da Baronesa)

Sabe, eu detestava tudo que é antigo, velho, empoeirado, com cara de bibelô de madame. Mas esta cidade conseguiu a façanha de despertar em mim um respeito (e, porque não dizer, amor)por coisas antigas. Esse arzinho francês do século XIX inspira muita delicadeza. Aliás, delicadeza era uma coisa da qual eu estava precisando na vida…

Brechós com objetos Lalique, luminárias Tiffany, pôsters, fotos, livrinhos, móveis maravilhosos (já vi até uma mesa André Boulle original) e uma arquitetura maravilhosa que necessita de um pouco mais de atenção. Saí ontem e fiz umas fotinhas pra mostrar um pouquinho o motivo porque Pelotas é a “Princesa do Sul”.

Clube Caxeiral, onde eu malho

Clube Caxeiral, onde eu malho

Vista da minha porta no trabalho

Vista da minha porta no trabalho

Porta Estilo Art Nouveau

Porta Estilo Art Nouveau

Outra linda portada

Outra linda portada

Prédio do Itaú em estilo (muito) eclético

Prédio do Itaú em estilo (muito) eclético

Bibliotheca Pública, acabou de ser restaurada

Bibliotheca Pública, acabou de ser restaurada

Prefeitura

Prefeitura

Grande Hotel

Grande Hotel

Fonte das Nereidas

Fonte das Nereidas

Praça Cel. Pedro Osório

Praça Cel. Pedro Osório

Doces tipicos (eu bem que tento evitar)

Doces típicos (eu bem que tento evitar)

Depois disso tudo, o que posso dizer? Eu quero um camafeu!

15084424

 

Ouvindo: a gritaria da torcida do Xavante

Link permanente 7 Comentários