Folclore Brasileiro

29/05/2010 at 10:50 pm (Design, O que todo mundo deveria saber)

Enquanto curto a minha filhotinha (15 dias: mamando-dormindo-fazendo cocô), fico aqui pensando no que vou ensinar a ela. É como um HD vazio: já vem cheio de programas e acessórios, mas se não tiver conteúdo, nada feito. Pois então, pensando em temas como amor, lealdade, educação para a paz, pedagogia Waldorf, vida no campo e tantas outras coisas, me lembrei de uma conversa no Café A2 da qual participei a convite do meu amigo André.

O designer Humberto Avelar estava lá apresentando alguns curtas metragens de seu projeto, a série Juro que vi, patrocinada pela prefeitura do Rio de Janeiro. A primeira apresentação quase levou os designers presentes às lágrimas: O Curupira, em versão desenho animado, com uma qualidade jamais vista em terras tupiniquins. A conversa girou em torno disso: o alto investimento necessário para a realização de projetos como este, as dificuldades da produção de animação no Brasil, as potencialidades da cultura e, sobretudo, do folclore brasileiro para a produção de animações.

Eu gostaria sinceramente que projetos como este fossem levados adiante, que alguém comprasse a idéia… A pobre Carolzinha não teria então que assistir somente a desenhos estrangeiros, que hoje em dia costumam ser bastante… retardados. Vide Backyardigans, Teletubbies, etc. ¬¬

Então fica aqui um registro para a posteridade, três vídeos da série Juro Que Vi: O Curupira, Boto cor-de-rosa e Iara.

Lindo, né?

Até a próxima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: